sexta-feira, 30 de maio de 2008

Resultado do 46º sorteio literário


A ganhadora do 46º sorteio literário foi Elisângela Costa Alves Cardoso lotada na SETEC.

Parabéns e boa leitura!

Imagem da semana

Plano Geap Clássico


A Coordenação de Assistência Médica e Social- CAMS, relembra que a adesão sem carência ao plano de saúde -GEAPClássico será feita somente até o próximo dia 06 de junho de 2008.

Ressalte-se que esta nova modalidade está disponível para todos os servidores ativos, inativos e pensionistas vinculados a este Ministério e ao Instituto Benjamin Constant - IBC.

Maiores informações com Concebida no ramal 8303.


SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS

Dicas de Segurança (5)



Preocupados com a sua segurança e o seu bem-estar, encaminhamos outras dicas:

1- No ato de estacionar, bem como no momento em que retornar para apanhar o carro, esteja atento (a) para a presença de indivíduos suspeitos nas proximidades. Jamais confie as chaves de seu carro aos chamados "tomadores de conta", "flanelinhas" ou a eventuais lavadores de automóveis, ainda que os conheça de vista. Há quadrilheiros que se valem de tais pessoas para obterem duplicatas das chaves, que depois servirão para furtar seu veículo;

2- Em restaurantes abertos, não pendure pacotes, bolsas, pastas, notebooks, máquinas fotográficas ou câmeras de vídeo nas cadeiras e nem os coloque no chão, pois poderão serem furtados sem que você perceba;

3- Os idosos não devem andar sozinhos em locais desertos ou áreas de grande movimento como ruas de intenso comércio. Eles devem ser alertados para pessoas simpáticas e de conversa envolvente que esteja oferecendo vantagens

SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS

Informativo da Divisão de Segurança do MEC

RESPONSÁVEL POR ESTE INFORMATIVO : Carolina Sanchez - Ramal: 7813

quarta-feira, 28 de maio de 2008



Consumo Sustentável

Talvez você já tenha ouvido falar de Consumo Sustentável. Mas, se você não sabe o que isso significa, vamos lá: Consumo Sustentável quer dizer saber usar os recursos naturais para satisfazer as nossas necessidades, sem comprometer as necessidades e aspirações das gerações futuras. Ou seja, vale aquele velho jargão popular: saber usar para nunca faltar. E isso não exige um grande esforço, somente mais atenção com o que está ao nosso redor, no nosso ambiente.
Se quisermos avançar para um consumo sustentável, devemos começar mudando algumas atitudes no nosso dia-a-dia. Veja algumas sugestões a seguir:

Antes de comprar, pergunte a si mesmo:

  • Necessito realmente do produto que vou comprar?

  • É de boa qualidade? Como posso ter certeza disso?

  • É possível consertá-lo, reutilizá-lo ou reciclá-lo?

  • Posso compartilhá-lo com outras pessoas?

  • Escolhi o produto que faz menos mal ao meio ambiente?

Na hora da compra, devemos verificar se:

  • Os produtos não danificam o meio ambiente em seu processo de elaboração(emissões e resíduos contaminantes) e descarte, depois que termina seu ciclo de vida.

  • As informações importantes sobre o produto estão especificadas nas etiquetas e correspondem ao real conteúdo da embalagem.

  • Existe uma certificação ambiental expedida por uma entidade independente.

Além disso podemos:

  • incentivar a criação de instrumentos legais para impedir os anúncios publicitários enganosos;

  • exigir que as agências de publicidade ofereçam mais informações pertinentes sobre os produtos, de forma a promover uma escolha mais consciente por parte do consumidor e que a publicidade dirigida a crianças e jovens seja a mais saudável possível.

Fonte:http://www.mma.gov.br/port/sds/guia.html e CONSUMO SUSTENTÁVEL: Manual de educação. Brasília: Consumers International/ MMA/MEC/IDEC, 2005. 160 p.

Lembre-se: adotar um estilo de vida mais simples evitando supérfluos é uma opção consciente.

SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS

terça-feira, 27 de maio de 2008

31de Maio: Dia Mundial do Combate ao Fumo



Dia 31 de maio é o Dia Mundial do Combate ao Fumo. Sabendo disso, a Coordenação Geral de Gestão de Pessoas-CGGP, por meio da Coordenação de Assistência Médica e Social-CAMS, desenvolverá ações importantes sobre o tema. Veja programação abaixo:

Data: 28/05/2008

Horário: 15h30 às 17h30

Local: Hall Térreo dos Anexos I e II

Ações:

Stand da Associação Brasileira de Odontologia-ABO/DF

Projeto: Boca Saudável

Responsável: Dr. Nelson Bognato- Cirurgião Dentista


Stand do Instituto Nacional do Câncer – INCA

Tema: Ambiente Livre do Tabaco

Responsável: Ana Lúcia C. Castro – Assistente Social da Secretaria de Saúde-GDF

segunda-feira, 26 de maio de 2008

46º Sorteio Literário



A conturbada trajetória dos gêmeos Yaqub e Omar, na Amazônia, durante o regime militar. Eleito o melhor romance brasileiro dos últimos quinze anos por críticos literários, Dois irmãos foi publicado nos Estados Unidos, Inglaterra, Fança, Itália, Espanha, Portugal, Alemanha, Holanda, Grécia e Líbano.


______________________________________________________________________

Toda sexta-feira, após as 17 horas, o Programa de Valorização do Servidor (PVS) faz o sorteio de um livro para os servidores do MEC.

Nessa sexta-feira, faremos o sorteio do livro "Dois Irmãos", de Milton Hatoum.

Para concorrer basta inserir um comentário, informando:

a) nome completo;
b) lotação e
c) telefone para contato; até as 17 horas do dia 30 de maio de 2008.

O sorteio será aberto ao público e realizado na Sala de Reuniões da SAA sendo que o nome do sorteadserá divulgado, imediatamente após a realização do sorteio, aqui no Blog da SAA.

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Resultado do 45º sorteio literário


A ganhadora do 45º sorteio literário foi Luciana Yonekawa lotada na ACS.

Parabéns e boa leitura!

Agenda Cultural


Espetáculos

Quem inventou o amor?

Comédia romântica inspirada nas histórias modernas de amor.

Faixa etária: 14 anos, exceto nos dias 06 e 07 de Junho, proibido para menores de 16 anos.
Onde: Espaço Mosaico - 714/15 norte BL.D Loja 16.
Quando: De 23/05 a 01/06, sextas e sábados, às 21h;Domingos, às 20h; De 06 a 07/06, à meia-noite; Dia 12/06, às 21h.
Quanto: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada).
Telefone: (61) 3032-1330 / 8499-5758

Cia Néia & Nando abre temporada de A Bela e a Fera

A Cia adaptou o romântico musical para uma superprodução teatral

Quando: Sábados e Domingos de Maio - Sempre às 17 horas
Aonde: Escola Parque da 307 sul
Quanto: R$24,00 (inteira), R$12,00 (meia)
Censura Livre
Telefones: 8199.2120 / 3443-3149

Hermanoteu na Terra de Godah.

Num cenário que representa um imenso deserto, o ator Ricardo Pipo interpreta Hermanoteu que encontra desde Cleópatra até mesmo o Filho do Todo Poderoso.
Onde: Teatro Nacional Cláudio Santoro – Sala Villa Lobos.
Quando: Dia 24/05, sábado, às 21h e domingo, às 20h.
Quanto: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia-entrada).
Obs: Desconto de 50% no valor da inteira para: maiores de 65 anos, estudantes, professores e assinantes do Correio Vip (mediante comprovação na entrada do espetáculo)
.

Telefone: (61) 3325-6256
Site: www.osmelhoresdomundo.com.br

Peça: Eu tenho a ùltima Temporada

Uma comédia sobre os viciados em seriados.
Onde: Sala Loyola - Centro Cultural de Brasília - CCB - 601 Norte
Quando:
De 10 à 25 de maio- sábado 21 h e domingos 20h
Quanto:R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia)
Ingressos antecipados no teatro.

www.de4emelhor.com.br
Tel: 34260400

Eventos

11ª edição da Feira de Artesanato Árabe

Em sua 11ª edição, a feira itinerante vem propagar a arte dos países árabes entre os brasilienses. Nos estandes instalados na Praça Central do shopping, o público encontrará pequenos objetos em cobre, como camelos e bandejas; produtos em madeira com marchetaria e madrepérola, cmo porta-jóias e porta baralh além de caixas para guardar o Alcorão - o livro sagrado do Islamismo.

Onde: Praça Central do Pátio Brasil.
Quando: De 03/05 a 01/06, das 10 às 22h, de segunda a sábado e das 14h às 20h, domingo.
Quanto: Entrada Franca.
Telefone: Não Informado.

Mostras e Exposições

FORA DO EIXO

O Projeto Fora do Eixo é uma iniciativa inédita e independente de artistas/produtores do Distrito Federal (DF) que reune obras que rompem com determinações artísticas predominantes nos formatos de interveções urbanas, exposições de arte contemporânea e performances em espaços públicos.

O Projeto reune criadores que se dedicam a uma pesquisa de linguagem experimental voltada para questões pertinentes à relação entre arte e sociedade, formação estética e questionamentos sobre a relação mercadológica da arte.

Sendo Brasília um espaço de articulação e pólo de produção de arte independente o conceito utilizado na concepção do Projeto está pautado no tema da Cidade, enfocando questões críticas sobre utilização, funcionalidade arquitetônica, acessibilidade, percepção estética, circulação urbana, mercado de arte e a questão do espaço "público" envolvendo a população que o compõe.

Confira a programação no site www.foradoeixo.rg3.net
Quando: De 18/05 a 13/06, das 9h às 22h.
Quanto: Entrada Franca.
Telefone: 8417-8262 / 8476-6896

O que trago na memória e faz parte de minha vida

Exposição do grupo Bordelando, formado por 50 mulheres que criam colchas a partir de retalhos bordados.

Onde: Galeria Parangolé do Espaço Cultural da 508 Sul.
Quando: De 21 a 25/05, das 13h às 21h.
Quanto: Entrada Franca.
Telefone: (61) 3244-0411

Intervenção Urbana ``Os Três Poderes´´

Artista: Célia Pattacini

Onde: Praça dos Três Poderes.
Quando: De 20 a 25/05, das 9h às 22h.
Quanto: Entrada Franca.

As Linhas do Sol

Objetos decorativos em vidro, tecido e cerâmica desenvolvidos pela Associação de Artesãos Dom Bosco.

Onde: Galeria Rubem Valentim – Espaço Cultural Renato Russo (508 Sul).
Quando: De 16 a 30/05, diariamente, das 11 às 21h.
Quanto: Entrada Franca.
Telefone: (61) 3248-7870 / 8199-3364 / 9287-4920

Exposição Os Caminhos de Fayga Ostrower

A mostra Os Caminhos de Fayga Ostrower presta uma homenagem à artista plástica e educadora que possui obras em museus do mundo todo. São ao todo 116 obras, entre xilogravuras, litografias, serigrafias, gravuras em metal, desenhos e aquarelas. Alguns dos trabalhos nunca foram expostos durante a vida da artista. Além disso, objetos de trabalho e uma réplica do ateliê aproximam o público do trabalho de Fayga.


Palestra: Fayga Ostrower - Vanguarda do Abstracionismo, com Anna Bella Geiger e Wagner Barja

No dia 16 de junho, a curadora Anna Bella Geiger e o diretor do Museu Nacional do Complexo Cultural da República, Wagner Barja, ministram, a partir das 19h, a palestra Fayga Ostrower - Vanguarda do Abstracionismo.

Curadoria: Anna Bella Geiger
Onde: Caixa Cultural - Galeria Vitrine - SBS Qd. 4 Lote 3/4, anexo ao edifício Matriz da Caixa.
Quando: De 21/05 a 22/06, de terça-feira a domingo, das 19h às 21h.
Quanto: Entrada Franca.
Telefone: (61) 3206- 9752

Atos Visuais 2007/2008

Daniel Trench e Felipe Cohen - SP
Lais Myrrha - MG

Onde: Galeria Funarte Fayga Ostrower - Eixo Monumental - Setor de divulgação Cultural (atrás da Torre de TV).
Quando: De 15/05 a 22/06, de segunda a domingo, das 09h às 21h.
Quanto: Entrada Franca.
Telefone: (61) 3322-2076 / 3322-2029
Site: www.funarte.gov.br

Oscar Niemeyer – Arquiteto, Brasileiro, Cidadão

A exposição mostra as obras do arquiteto para Brasília e apresenta um panorama de sua obra, com cerca de 30 projetos. A mostra traz textos, fotografias, desenhos, maquetes e ampliações fotográficas, reunindo as principais fases da arquitetura de Niemeyer.

Onde: Museu Nacional do Conjunto Cultural da República, Setor Cultural Sul Lote 2, próximo à Rodoviária do Plano Piloto - Zona 0.
Quando: De 17/03 a 29/05, de terça a domingo, das 9h às 18h30.
Quanto: Entrada Franca.
Telefone: (61) 3325-6410 / 3325-5220

200 Anos da Indústria no Brasil

Mostra com 252 peças representativas da história da indústria. São máquinas, objetos de decoração, roupas, carros, obras de arte, filmes, fotografias e outros, cedidos por colecionadores particulares, museus brasileiros e estrangeiros.

Onde: Museu do Automóvel - Setor de Garagens e Oficinas Norte, Quadra 1, lotes 180/200, ao lado do Palácio do Buriti e do Memorial JK.
Quando: De 26/03 a 25/05, das 9 às 20h.
Quanto: Entrada Franca.
Telefone: Não Informado.

Bia Medeiros: Trajetórias do Corpo

Mostra apresenta obras que apontam para a idéia da unificação do corpo com o pensamento.
Onde: Caixa Cultural – Galerias Piccolas I e II.
Quando: De 18/04 a 25/05, de terça a domingo, das 9h às 21h.
Quanto: Entrada Franca.
Telefone: (61) 3272- 6441/ 9115-4422 / 3206-9450 / 3206-9752
Site: www.caixacultural.com.br

Magnum 60 anos

Mostra composta por 50 fotografias coloridas e em preto e branco, dispostas em seis capítulos: A Tradição da Magnum; Momentos; Retratos; Novas Perspectivas; Fotografia Documental Contemporânea e Magnum in Motion.

Onde: Caixa Cultural - Galeria Principal.
Quando: De 18/04 a 25/05, de terça a domingo, das 9h às 21h.
Quanto: Entrada Franca.
Telefone: (61) 3206-9450 / 3206-9752

Projeto Casulo

Obras para apreciar e interagir, as peças propõem a convivência entre crianças e adultos na interação com as esculturas.

Onde: Centro Cultural Banco do Brasil - SCES trecho 02, lote 22.
Quando: A partir de 16/03, de terça a domingo, das 9 às 21h.
Quanto: Entrada Franca.
Telefone: (61) 3310-7087

Mensagens Ecológicas

A exposição do artista plástico Gilberto Mello retrata mais de 20 trabalhos de colagens de material do cerrado sobre papel reciclado. O artista que é engenheiro agronômo denuncia a devastação ambiental sob o olhar de São Francisco de Assis.

Onde: Espaço Cultural do Incra (SBN, edifício Palácio do Desenvolvimento, térreo).
Quando: De 15 a 30/05, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.
Quanto: Entrada Franca.
Telefone: (61) 3411-7676 / 3411-7729

Shows

Salve Bossa Nova 50 anos

O Gate´s Pub reserva as sextas do mês de maio para homenagear o movimento que revolucionou a música brasileira e influenciou a música no mundo: a Bossa Nova. Como convidados, músicos, cantores e djs de destaque no cenário local trazem os clássicos do gênero imortalizado pelos mestres Tom Jobim, João Gilberto e seus seguidores.

Atração:
Projeto Soul Jobim
Kris Maciel
Dj Pezão
Onde: Gate’s Pub 403 sul
Quando: 23/05, às 22h
Quanto: R$10,00
Telefone: (61) 9938-4954 / 9253-9932 / 3225-4576

Projeto Prata da Casa com a Banda Marambaia

Formado em 2001, o Marambaia realiza um trabalho aberto a informações e inspirações musicais de qualquer origem, e tem como porposta interpretar clássicos da música brasileira e músicas próprias dentro de uma visão contemporânea da música popular.

Não recomendado para menores de 14 anos
Onde: Clube do Choro de Brasília – SDC BLOCO “G”
Quando: 24/05, às 21h45
Quanto: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia)
Telefone: (61) 3224-0599
Site: www.clubedochoro.com.br

Show Samba de Terreiro, com a Velha Guarda da Mocidade Independente

As afinadas e experientes vozes dos componentes da escola de samba cantam, o autêntico samba de fundo de quintal ao som da cuíca, cavaquinho, bandolim, surdo, violão, flauta e percussão. O show Samba de Terreiro, com os componentes da Velha Guarda, começa no sábado às 21h e no domingo, às 20h.

Onde: Teatro da Caixa - SBS Qd 4 lotes 3/4, anexo do edifício Matriz da Caixa.
Quando: Dias 24 e 25/05, sábado, às 21h e domingo às 20h.
Quanto: R$ 2,00 e R$ 1,00 (meia-entrada para estudantes, pessoas com 60 anos ou mais, empregados da Caixa, professores e doadores de um quilo de alimento não perecível).
Telefone: (61) 3206-9448 / 3206-9450 / 3206-6456
Site: www.caixacultural.com.br

Fonte: www.podeir.com.br


Segue abaixo prévia da peça Hermanoteu na terra de Godah:



Vale a pena conferir!




quarta-feira, 21 de maio de 2008

22 de maio: Dia Internacional da Biodiversidade


Dia Internacional da Biodiversidade

Dia 22 de Maio é dia internacional da biodiversidade. A biodiversidade é o termo utilizado para definir a variabilidade de organismos vivos, flora, fauna, fungos macroscópicos e microorganismos, abrangendo a diversidade de genes e de populações de uma espécie, a diversidade de espécies, a diversidade de interações entre espécies e a diversidade de ecossistemas.

Mais claramente falando, diversidade biológica, ou biodiversidade, refere-se à variedade de vida no planeta terra, incluindo a variedade genética dentro das populações e espécies, a variedade de espécies da flora, da fauna e de microrganismos, a variedade de funções ecológicas desempenhadas pelos organismos nos ecossistemas; e a variedade de comunidades, hábitats e ecossistemas formados pelos organismos.

Biodiversidade refere-se tanto ao número (riqueza) de diferentes categorias biológicas quanto à abundância relativa (equitabilidade) dessas categorias; e inclui variabilidade ao nível local (alfa diversidade), complementaridade biológica entre hábitats (beta diversidade) e variabilidade entre paisagens (gama diversidade). Biodiversidade inclui, assim, a totalidade dos recursos vivos, ou biológicos, e dos recursos genéticos, e seus componentes. A espécie humana depende da biodiversidade para a sua sobrevivência.

Atualmente, estima-se em 1,7 milhões o número de espécies identificadas. O número exato de espécies existentes sobre a Terra é ainda desconhecido e a sua estimação varia entre 5 e 100 milhões.

A extinção das espécies vivas presentes sobre o nosso planeta é um fenômeno natural que se inscreve no quadro do processo da evolução. Contudo, devido às atividades humanas, as espécies e os ecossistemas são hoje objeto de ameaças mais graves do que em qualquer outra época histórica. As perdas tocam particularmente as florestas tropicais onde vivem 50 a 60% das espécies identificadas, assim como os rios e os lagos, os desertos e as florestas temperadas, as montanhas e as ilhas. De acordo com as estimações mais recentes, tendo em conta as taxas atuais de desmatamentos, assistiremos ao desaparecimento de dois a oito porcento das espécies vivas do nosso planeta nos próximos 25 anos.

A Biodiversidade é uma das propriedades fundamentais da natureza, responsável pelo equilíbrio e estabilidade dos ecossistemas. As funções ecológicas desempenhadas pela biodiversidade são ainda pouco compreendidas, muito embora considere-se que ela seja responsável pelos processos naturais e produtos fornecidos pelos ecossistemas e espécies que sustentam outras formas de vida e modificam a biosfera, tornando-a apropriada e segura para a vida.

A diversidade biológica possui, além de seu valor intrínseco, valor ecológico, genético, social, econômico, científico, educacional, cultural, recreativo e estético. Com tamanha importância, é preciso evitar a perda da biodiversidade e cada vez mais preservá-la.

Ameaça à Biodiversidade Brasileira


O Brasil é considerado o país de maior diversidade biológica do planeta. Segundo o Ibama, órgão responsável pelas listas oficiais de espécies da fauna e da flora brasileiras ameaçadas de extinção, 219 espécies animais (109 aves, 67 mamíferos, 29 insetos, nove répteis, um anfíbio, um artrópode, um coral, um peixe e um crustáceo) e 106 espécies vegetais correm o risco de desaparecer. Entre elas, algumas estão praticamente extintas, como a ararinha-azul.

Os fatores que ameaçam a biodiversidade são a caça predatória e ilegal, a derrubada de florestas, as queimadas, a destruição dos ecossistemas para loteamento e a poluição de rios. Outro problema grave que ameaça a fauna e a flora brasileira é a chamada biopirataria, a saída ilegal de material genético ou subprodutos de plantas e animais para pesquisas sobre novos medicamentos e cosméticos no exterior sem o pagamento de patentes.

Baseada em um projeto de lei, a medida prevê que estados, municípios, proprietários privados e comunidades indígenas tenham direito a parte do lucro resultante de produtos obtidos de vegetais e animais descobertos em suas áreas, além de um maior controle das coletas.

A regulamentação no País da Convenção da Biodiversidade, assinada durante a ECO-92, no Rio de Janeiro, por cerca de 150 países, depende da aprovação desse projeto de lei. O Acre e o Amapá são os únicos estados brasileiros que possuem leis específicas sobre a biopirataria. No Acre, para ter acesso aos recursos naturais da floresta Amazônica, as empresas estrangeiras precisam se associar a uma empresa ou entidade brasileira de pesquisa. O Brasil, em decorrência de suas características geográficas, diversidade de recursos naturais e níveis distintos de industrialização, convive com problemas ambientais bem diversos.

Além da poluição, causada por dejetos domésticos, industriais e por agrotóxicos, e do problema do lixo, há a degradação de riquezas naturais. Nas grandes cidades as condições ambientais são nocivas, o desmatamento, a desertificação e a extinção de espécies biológicas (fauna e flora) ameaçam a biodiversidade e põem em risco a sustentabilidade dos ecossistemas e, por conseqüência, da própria qualidade de vida.

Segundo o Fundo Mundial para a Natureza (WWF), o Brasil tem a maior taxa de desmatamento do mundo. Todos os anos, aproximadamente 18.200 km² da floresta Amazônica são desmatados, de acordo com relatório elaborado, entre 1995 e 1996, pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e pelo Ibama. Como conseqüência, há redução da biodiversidade, aumento da erosão e comprometimento dos cursos d’água. Outros efeitos indiretos também podem ocorrer, como alterações no regime de chuva e no clima.

Depois da Amazônia, a Floresta Atlântica é uma das áreas mais atingidas pelo desmatamento no País. Além destas, outras áreas de vegetação encontram-se ameaçadas por ocupação ou exploração inadequadas. Considerado um dos maiores patrimônios naturais do planeta, o Pantanal vem sofrendo progressiva degradação por causa da intensa expansão das atividades agropecuárias. Essa área é a maior planície inundável do mundo - 150.000 km² - com uma zona de cerrado, onde, nos pontos mais úmidos, crescem espécies árboreas de floresta tropical.

O que é biodiversidade?

Campanha de combate ao tabagismo



Campanha de combate ao tabagismo

Dando prosseguimento a campanha de combate ao tabagismo, hoje abordaremos os aspectos econômicos do tabaco.
O tabagismo gera uma perda mundial de 200 bilhões de dólares por ano, sendo que a metade dela ocorre nos países em desenvolvimento. Este valor, calculado pelo Banco Mundial, é o resultado da soma de vários fatores, como o tratamento das doenças relacionadas ao tabaco, mortes de cidadãos em idade produtiva, maior índice de aposentadorias precoces, aumento no índice de faltas ao trabalho e menor rendimento produtivo.

A estratégia da indústria do fumo é a mesma no mundo inteiro e vai contra à saúde pública e ao bem estar de populações de todo o mundo. Questões, como por exemplo, a responsabilidade corporativa, hoje estão sendo colocadas em dúvida por conta do conflito das empresas de tabaco com os sistemas de saúde públicos. É inaceitável que a indústria do cigarro seja um fator diferencial em determinada economia, se na realidade ela causa a morte de 4,9 milhões de indivíduos anualmente, com a perspectiva de serem 10 milhões em 2030. E o pior: 70% dessas mortes estarão concentradas nos países em desenvolvimento, a maioria carente de financiamento público para programas sociais.

O Banco Mundial estimou que as políticas de prevenção são as que tem maior custo-efetividade. Consequentemente, são um importante componente da economia de um país no que se refere à manutenção da saúde da população. Também calculou que, para colocar em andamento um pacote essencial de intervenções em saúde pública em que o controle do tabagismo esteja incluído, os governos deveriam gastar em média 4 dólares per capita nos países de baixa renda e 7 dólares per capita nos países de renda média.

Em relação aos custos do tratamento das doenças relacionadas ao fumo, é possível dividí-los em duas categorias: tangíveis e intangíveis.

*_Custos tangíveis_*
*_ _* I) assistência à saúde (serviços médicos, prescrição de medicamentos, serviços hospitalares, etc.);
II) perda de produção devido à morte e adoecimento e à redução da produtividade;
III) aposentadorias precoces e pensões;
IV) incêndios e outros tipos de acidentes;
V) poluição e degradação ambiental e
VI) pesquisa e educação.

*_Custos intangíveis_*
I) a morte de fumantes e não fumantes e
II) o sofrimento dos fumantes, não fumantes e seus familiares.
/
Fonte:http://www.inca.gov.br/tabagismo/frameset.asp?item=economia&link=aspectos.htm/

SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS

segunda-feira, 19 de maio de 2008

45º sorteio literário


Uma antologia livre de academicismos. Uma pesquisa orientada pela qualidade. Uma seleção de pequenas obras-primas. Os cem melhores contos brasileiros do século reúnem narrativas extraordinárias de alguns dos principais nomes de nossa literatura. Nostálgicos, violentos, rurais ou urbanos, passionais, modernos, pós-moderno, líricos - os contos dessa antologia traduzem as mudanças do país e as inquietações de várias gerações de brasileiros, em cem anos de produção literária. Os diferentes caminhos da literatura no ínicio do século; a consagração do modernismo nos anos 40 e 50; os conflitos de identidade dos anos 60; a violência da vida urbana dos anos 70; a exploração sem censura do corpo dos anos 80; a criativa irreverência dos anos 90 - os contos aqui reunidos são, antes de tudo, um registro prazeroso de histórias que conquistaram leitores não por sua excelência acadêmica, mas por serem capazes de seduzir, divertir, emocionar.
___________________________________________________________________

Toda sexta-feira, após as 17 horas, o Programa de Valorização do Servidor (PVS) faz o sorteio de um livro para os servidores do MEC.

Nessa sexta-feira, faremos o sorteio do livro "Os cem melhores contos brasileiro do século", organizado por Ítalo Moriconi.

Para concorrer, basta inserir um comentário nesta postagem informando:
a) nome completo;
b) lotação; e
c) telefone para contato; até as 17 horas do dia 23 de maio de 2008.

O sorteio será aberto ao público e realizado na Sala de Reuniões da SAA, sendo que o nome do sorteado será divulgado, imediatamente após a realização do sorteio, no Blog da SAA.

1º Jornada educação, cultura e saúde




No dia 27 de maio de 2008, às 14hs, haverá uma palestra intitulada "Educação em Saúde no Instituto Oswaldo Cruz (IOC) e Intituto Renné Rachou (IRR):breve histórico e atualidade". A palestrante será a Dra. Virgínia Schall, do Instituto Renné Rachou e o evento acontecerá no seguinte endereço:

Auditório do subsolo - Fiocruz Brasília

SEPN 510, anexo II do Ministério da Saúde

As inscrições podem serem feitas no seguinte endereço eletrônico: http://www.fiocruzbrasilia.fiocruz.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?tpl=jornada

Paticipe!

Imagem da semana

sexta-feira, 16 de maio de 2008

1ª Oficina de Planejamento Estratégico da SAA / 2008 - 2011

Data: 15/05/2008
Local: Sala de Reuniões da CPL
Horário: 11h


Participantes:

Subsecretário de Assuntos Administrativos,
Coordenadora-Geral de Gestão de Pessoas,
Coordenador-Geral de Recursos Logísticos,
Coordenador-Geral de Compras e Contratos,
Representantes das Coordenações-Gerais e do Gabinete da SAA.


Assuntos tratados:

1) Apresentação de proposta de retomada e de revisão do processo de Planejamento Estratégico da SAA tendo em vista a publicação do Decreto n° 6.320, de 20 de dezembro de 2007.

2) Necessidade de reavaliação das diretrizes e declarações estratégicas
atuais.

A próxima reunião ocorrerá em 29/05/2008, às 10h.

1º Reunião da comissão para coleta seletiva solidária do MEC


No dia 15 de maio de 2008 ocorreu a 1º reunião da comissão para coleta seletiva solidária do MEC. Estiveram presentes os seguintes membros:

Fabiana Feijó de Oliveira Baptistucci- Presidente - SAA/Gabinete
José Osvaldo de Araújo - SAA/CGRL
Maria de Lourdes Rodrigues da Silva - SAA/CGRL
Luiz Sérgio de Oliveira Vaz - SECAD
Inês Regina Mores de Souza - CNE
Edimar Miranda Bessa -CETREMEC

Também compareceram os convidados:

Espartaco Madureira Coelho- Subsecretário de Assuntos Administrativos
Luciene Vélez - Representante do Comitê Interministerial de Inclusão Social dos Catadores de Materiais Recicláveis
José Leitão de Albuquerque Filho - Representante do MEC no Comitê Interministerial de Inclusão Social dos Catadores de Materiais Recicláveis.

Nesta reunião a Sra Luciene Vélez, apresentou o Comitê Interministerial de Inclusão Social dos Catadores de Materiais Recicláveis. A criação do comitê, sua composição, competência, legislação, seus objetivos, suas políticas e o que o comitê espera dos órgãos da administração direta em relação ao destino de seus resíduos, foram os temas abordados.
Após a explanação definiu-se quais as principais ações que serão tomadas para capacitar os membros e promover e facilitar a coleta nas dependências dos prédios.

SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS

Resultado do 44º sorteio literário

O ganhador do 44º sorteio literário foi Gerson Cabral lotado na SAA.

Parabéns e boa leitura!

Agenda Ambiental da Administração Pública


Agenda ambiental da Administração pública

É comum o desperdicio de papel e tinta para imprimir e-mails ou sites. Muitas vezes as pessoas precisam de um parágrafo ou uma pequena frase e acabam imprimindo o cabeçalho do site, o menu, as barras de rolagem, e várias outra coisas que não eram necessárias.

Por isso, a SAA encaminha abaixo um passo a passo com informações de como imprimir trechos de sites ou e-mails. É muito, muito fácil:

1. Selecione como mouse o trecho que deseja imprimir;

2. NÃO aperte NUNCA o seguinte botão (ele não permite que você selecione as opções de impressão, fazendo com que gaste mais tinta);

3. Vá em Arquivo > Imprimir ou File > Print;

4. Clique em Seleção. Isso fará com que apenas o trecho escolhido vá para a impressora;

5. Se você não vai precisar de qualidade na impressão, clique em Propriedades;

6. Vá em Papel / Qualidade, escolha Rascunho e clique em Ok. Isso obrigará a impressora a gastar menos tinta. (dependendo da impressora, os nomes das opções podem variar um pouco, mas não vão fugir muito disso);

Agora, é só clicar em Ok.

É importante que todos saibam que devemos imprimir algo só quando realmente for necessário.

Dicas de Segurança (4)


Hoje voltamos a encaminhar outras dicas de segurança, com o objetivo de auxiliá-los na prevenção de problemas:

1- INSTRUA CRIANÇAS E EMPREGADOS A NUNCA PASSAREM INFORMAÇÕES A ESTRANHOS. ISSO PODE EVITAR AÇÕES DE CRIMINOSOS QUE AGEM EXIGINDO DEPÓSITOS, ALEGANDO ESTAR EM PODER DE PARENTES QUE PODEM SER MORTOS SE VOCÊ NÃO PAGAR O RESGATE. É O CHAMADO "FALSO SEQÜESTRO";

2- NO ÔNIBUS:

- CUIDADO COM OBJETOS ALVO, COMO BOLSAS, CARTEIRAS, CORRENTES , PULSEIRAS, ETC. ;

- EVITE FICAR JUNTO ÀS PORTAS , POIS É O LOCAL PROPÍCIO PARA A PRÁTICA DE PUNGUISTAS;

- NÃO CARREGUE MUITO DINHEIRO SE NÃO HOUVER NECESSIDADE E NEM DEIXE A CARTEIRA NO BOLSO DE TRÁS;

3- SE O PNEU (carro / motocicleta) FURAR À NOITE OU EM LOCAIS POUCO MOVIMENTADOS, NÃO PARE. DIRIJA ATÉ UMA DELEGACIA, POSTO POLICIAL OU LOCAL MOVIMENTADO.

FAÇA A SUA PARTE!!!


SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS
RESPONSÁVEL POR ESTE INFORMATIVO : Carolina Sanchez - ramal 7813

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Campanha contra o tabagismo



Campanha de Combate ao tabagismo

Define-se tabagismo passivo como a inalação da fumaça de derivados do tabaco (cigarro, charuto, cigarrilhas, cachimbo e outros produtores de fumaça) por indivíduos não-fumantes, que convivem com fumantes em ambientes fechados. A fumaça dos derivados do tabaco em ambientes fechados é denominada poluição tabagística ambiental (PTA) e, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), torna-se ainda mais grave em ambientes fechados. O tabagismo passivo é a 3ª maior causa de morte evitável no mundo, subseqüente ao tabagismo ativo e ao consumo excessivo de álcool (IARC, 1987; Surgeon General, 1986; Glantz, 1995).

O ar poluído contém, em média, três vezes mais nicotina, três vezes mais monóxido de carbono, e até cinqüenta vezes mais substâncias cancerígenas do que a fumaça que entra pela boca do fumante depois de passar pelo filtro do cigarro.

A absorção da fumaça do cigarro por aqueles que convivem em ambientes fechados com fumantes causa:
1 - Em adultos não-fumantes:
• Maior risco de doença por causa do tabagismo, proporcionalmente ao tempo de exposição à fumaça;
• Um risco 30% maior de câncer de pulmão e 24% maior de infarto do coração do que os não-fumantes que não se expõem.

2 - Em crianças:
• Maior freqüência de resfriados e infecções do ouvido médio;
• Risco maior de doenças respiratórias como pneumonia, bronquites e exarcebação da asma.

3 - Em bebês:
• Um risco 5 vezes maior de morrerem subitamente sem uma causa aparente (Síndrome da Morte Súbita Infantil);
• Maior risco de doenças pulmonares até 1 ano de idade, proporcionalmente ao número de fumantes em casa.

Fumantes passivos também sofrem os efeitos imediatos da poluição tabagística ambiental, tais como, irritação nos olhos, manifestações nasais, tosse, cefaléia, aumento de problemas alérgicos, principalmente das vias respiratórias e aumento dos problemas cardíacos, principalmente elevação da pressão arterial e angina (dor no peito). Outros efeitos a médio e longo prazo são a redução da capacidade funcional respiratória (o quanto o pulmão é capaz de exercer a sua função), aumento do risco de ter aterosclerose e aumento do número de infecções respiratórias em crianças.
Fonte: http://www.inca.gov.br/tabagismo/frameset.asp?item=passivo&link=tabagismo.htm

Pense nisso!

SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS

terça-feira, 13 de maio de 2008

Resultado do sorteio para "Terça carioca: Uma noite na Lapa"

Os ganhadores dos convites para "Terça carioca: Uma noite na Lapa" são:

Mônica Lopes, SAA
Ana Guimarães, GM
Carla D'Lourdes, INEP
Márcio Vasconcelos Donato, DTI/SAA
Geraldo Coelho de Oliveira Júnior, SETEC
Valdete Aparecida Rodrigues Pereira, SESu
Cleuza Hansen, SECAD
Ângela Mª Cabral da Silva, SESU/DIPES/CGPEG
Francisca Claudia Peres Oliveira, SEB
Rosangela Silva Martins, SESu
Renan Monteiro Batista, SE

Parabéns!

13 de maio de 1988 : Abolição da Escravatura



Em 13 de maio de 1988, o governo imperial rendeu-se às pressões e a Princesa Isabel assinou a Lei Áurea, que extinguiu a escravidão no Brasil. A decisão desagradou aos fazendeiros, que exigiam indenizações pela perda de seus “bens”. Como não as conseguiram, aderiram ao movimento republicano. Ao abandonar o regime escravista, o Império perdeu uma coluna de sustentação política. O fim da escravatura, porém, não melhorou a condição social e econômica dos ex-escravos. Sem formação escolar ou uma profissão definida, para a maioria deles a simples emancipação jurídica não mudou sua condição subalterna nem ajudou a promover sua cidadania ou ascensão social.

Para alguns estudiosos, a lei Áurea foi o coroamento da primeira mobilização nacional da opinião pública, na qual participaram políticos e poetas, escravos, libertos, estudantes, jornalistas, advogados, intelectuais, empregados públicos, operários.

Já os militantes do atual Movimento Negro no Brasil evocam um outro 13 de Maio, que seria o do golpe branco contra o avanço da população negra, minoria oprimida.

Num terceiro enfoque, o 13 de Maio é visto como conquista popular. Nesse enfoque se devem centrar os debates modernos, que encarem o problema negro como problema nacional. Todo o processo da abolição no Brasil foi lento e ambíguo pois, como afirma José Murilo de Carvalho, «a sociedade estava marcada por valores de hierarquia, de desigualdade; marcada pela ausência dos valores de liberdade e de participação; marcada pela ausência da cidadania.» Diz ainda o mesmo historiador: « Era uma sociedade em que a escravidão como prática, senão como valor, era amplamente aceita. Possuíam escravos não só os barões do açúcar e do café. Possuíam-nos também os pequenos fazendeiros de Minas Gerais, os pequenos comerciantes e burocratas das cidades, os padres seculares e as ordens religiosas. Mais ainda: possuíam-nos os libertos. Negros e mulatos que escapavam da escravidão compravam seu próprio escravo se para tal dispusessem de recursos. A penetração do escravismo ia ainda mais fundo: há casos registrados de escravos que possuíam escravos. O escravismo penetrava na própria cabeça escrava. Se é certo que ninguém no Brasil queria ser escravo, é também certo que muitos aceitavam a idéia de possuir escravo. »

Escreve ainda o mesmo autor, ao comentar a « carga de preconceitos que estruturam nossa sociedade, bloqueiam a mobilidade, impedem a construção de uma nação democrática ». « A batalha da abolição, como perceberam alguns abolicionistas, era uma batalha nacional. Esta batalha continua hoje e é tarefa da nação. A luta dos negros, as vítimas mais diretas da escravidão, pela plenitude da cidadania, deve ser vista como parte desta luta maior. Hoje, como no século XIX, não há possibilidade de fugir para fora do sistema. Não há quilombo possível, nem mesmo cultural. A luta é de todos e é dentro do monstro. »

O documento original da Lei Áurea, assinado pela Princesa Isabel, encontra-se atualmente no acervo do Arquivo Nacional, na cidade do Rio de Janeiro.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Abolicionismo_no_Brasil