quinta-feira, 24 de abril de 2008

Promoção-relâmpago




No dia 19 de setembro de 2007, foi publicada, no Diário Oficial da União, a Lei nº 11.522, que institui 2008 como o Ano Nacional Machado de Assis. Esta lei transformou o ano do centenário da morte de Machado de Assis em uma grande homenagem a um dos maiores expoentes da literatura nacional.
No intuito de contribuir, de maneira singela, com essa homenagem, informamos que os ganhadores da promoção-relâmpago serão contemplados com as obras "Memórias Póstumas de Brás Cubas" e "Esaú e Jacó" se responderem corretamente aos seguintes questionamentos:


1º) Qual o nome completo, local e data de nascimento de Machado de Assis?
2º) Em que ano foram publicadas as 1º edições, respectivamente, das obras "Memórias Póstumas de Brás Cubas" e "Esaú e Jacó"?

A primeira pessoa que responder corretamente a 1º pergunta ganhará o livro "Esaú e Jacó", de Machado de Assis.
Já a segunda pessoa, deverá responder corretamente a 2º pergunta para ganhar o livro "Memórias Póstumas de Brás Cubas", escrito por Machado de Assis.

Informamos que aqueles que responderem as duas perguntas ganharão somente um livro. O critério de desempate para quem responder aos dois questionamentos será o seguinte:
1º comentário correto- ganhará o livro "Esaú e Jacó"
2º comentário correto- ganhará o livro "Memórias Póstumas de Brás Cubas"


Participe!

Sinopses da Editora

Esaú e Jacó

Machado de Assis é um escritor universal. Contudo, ele é profundamente brasileiro, característicamente carioca.
Esaú e Jacó é o penúltimo romance do autor.
O livro conta a história de Pedro e Paulo irmãos gêmeos. Ambos se apaixonam pela bela Flora.
O romance termina com a eleição dos irmãos ao cargo de deputado, por dois partidos absolutamente irreconciliáveis. Assim, cumpre-se uma previsão feita, na infância, pou uma adivinha: ambos seriam grandes, mas inimigos.

Memórias Póstumas de Brás Cubas

Machado de Assis é considerado por muitos o maior escritor brasileiro. Memórias Póstumas de Brás Cubas, (...), inaugura o romance psicológico na literatura brasileira. É classificado como uma de suas obras-primas.
O caráter inovador da obra não está na história propriamente dita ou na seqüencia coronológica dos fatos. A chave para compreender a narração são as reflexões do personagem central.
O romance é narrado por um defunto, que reconta a própria vida, do fim para o começo, num relato marcado pela franqueza e ironia.
Leitura obrigatória!

5 comentários:

Anônimo disse...

Teliana Maria Lopes Bezerra
Ramal: 9810
O nome completo é JOAQUIM MARIA MACHADO DE ASSIS, NASCEU NO RIO DE JANEIRO, 21 DE JUNHO DE 1839.
OBAA!!!

Ana Karoline Crispim _ SAA/SE/MEC_ramal 9959 disse...

Parabéns Teliana!
Ela ganhou o livro "Esaú e Jacó".
Ainda temos o livro "Memórias Póstumas de Brás Cubas". O que você está esperando? Participe!

Ana Karoline Crispim
SAA/SE/MEC

Carol disse...

As Memórias Póstumas de Brás Cubas foram publicadas entre 15 de Março e 15 de Dezembro de 1880, na Revista Brasileira, do Rio de Janeiro. A primeira edição em livro surgiu em Janeiro de 1881.
A primeira edição de Esaú e Jacó foi em 1904.

Carol disse...

Ana Carolina Macedo Lübcke
Telefone: 39664145
FNDE/AUDIT/DICIN
As Memórias Póstumas de Brás Cubas foram publicadas entre 15 de Março e 15 de Dezembro de 1880, na Revista Brasileira, do Rio de Janeiro. A primeira edição em livro surgiu em Janeiro de 1881.
A primeira edição de Esaú e Jacó foi em 1904.

Ana Karoline Crispim _ SAA/SE/MEC_ramal 9959 disse...

Prezada Ana Carolina,
Suas respostas estão correta.

Parabéns e uma ótima leitura!