segunda-feira, 1 de setembro de 2008

60º Sorteio Literário




Memória póstumas de Brás Cubas. O mais importante romance brasileiro de todos os tempos. Moderno avant la lettre, revolucionário na forma fragmentária, no tempo narrativo não-linear, no estilo realista-irônico, é ao mesmo tempo um dos mais agudos retratos das elites brasileiras – além de repositório de algumas das passagens mais famosas da literatura em língua portuguesa. Fixação do texto e notas por Marcelo Módolo (professor do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da USP). Prefácio de Abel Barros Baptista (doutor em estudos portugueses pela Universidade Nova de Lisboa; professor do Departamento de Estudos Portugueses da Universidade Nova de Lisboa). Prólogo da 4ª. edição por Machado de Assis.



Dom Casmurro. Um dos mais famosos romances brasileiros de todos os tempos, tem como protagonista o mais-que-famoso par central Bentinho e Capitu – além de conter o caso narrativo mais discutido de nossa literatura, a traição (ou não) de Capitu. E como outras obras de Machado da última fase, também apresenta um retrato penetrante de aspectos definidores de nossas elites. Fixação do texto e notas por Manoel Mourivaldo Santiago Almeida (professor do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da USP; sócio correspondente da Academia Brasileira de Filologia). Prefácio de John Gledson (mestre em estudos hispânicos pela Universidade St. Andrews; doutor em literatura comparada pela Universidade de Princeton).

Quincas Borba. Se a alienação, em mais de um sentido (por exemplo, o marxista; por outro, o da sociedade do espetáculo), é uma característica moderna, Quincas Borba é um romance moderníssimo (além de modernissimamente satírico). Pois é a história – contada por um terceiro – de como um personagem, Rubião, alienou-se da própria vida, tendo em seu amigo, o alienado de fato Quincas Borba, uma sombra que a perpassa. Fixação do texto e notas por Eugênio Vinci de Moraes (Doutor em literatura brasileira pela USP). Prefácio de Willi Bolle (doutor em literatura brasileira pela Universidade de Bochum, Alemanha; professor titular de literatura alemã na USP). Prólogo da 3ª. edição por Machado de Assis.
____________________________________________________________________

Toda sexta-feira, após as 17 horas, o Programa de Valorização do Servidor (PVS) faz o sorteio de um livro para os servidores do MEC.

Nesta semana o 60º Sorteio Literário fará uma homenagem a Machado de Assis e contemplará três colaboradores com três das suas mais conhecidas obras:

"Quincas Borba", "Dom Casmurro" e "Memórias Póstumas de Braś Cubas"

Para concorrer, basta inserir um comentário informando:
a) nome completo;
b) lotação;
c) título do livro que gostaria de ganhar; e
d) telefone para contato; até as 17 horas do dia 05 de setembro de 2008.

O sorteio será aberto ao público e realizado na Sala de Reuniões da SAA, sendo que os nomes dos sorteados serão divulgados, imediatamente após a realização do sorteio, no Blog da SAA.

29 comentários:

dimitriasilveira disse...

Dimitri
CGEJA/DPEJA/SECAD
8824
sala 715

Anônimo disse...

Raquel Peréa
CAI/SESu
9309
Dom casmurro

Daiane disse...

Daiane Lopes
CGDH/SECAD
9488

Anônimo disse...

Karla Susana Borges Nonato
ACS/GM
8431

Anônimo disse...

Karla Susana Borges Nonato
ACS/GM
8431

Memórias Póstumas de Brás Cubas

Letícia disse...

Letícia Tancredi
ACS/GM
7827
Memórias Póstumas de Brás Cubas

Anônimo disse...

Adriana Maricato
SEED
R 8344
Memórias Póstumas de Braz Cubas

Anônimo disse...

Rodrigo
CGRAG/DIPES/SESu
8983
Sala 325

Anônimo disse...

Paulo Edison
DTI
Ramal: 5261

Anônimo disse...

DECRETO Nº 6.094, DE 24 DE ABRIL DE 2007.
Art. 2º
XIII - implantar plano de carreira, cargos e salários para os profissionais da educação, privilegiando o mérito, a formação e a avaliação do desempenho;

José Roberto Sobral Correia
Secretaria Executiva
9212
Quincas Borba

Anônimo disse...

Helena Rodrigues de Oliveira
SAO/CNE
6053
"Dom Casmurro"

Gerson Cabral disse...

É uma trilogia saborosa. Machado é atual, é moderno, é desafiador. Com qualquer das obras citadas, eu estaria em boa companhia, contudo a que eu gosto de reler é MEMÓRIA PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS. O interessantes das obras de Machado que é experiência de vida do leitor é fundamental para a construção de novas possibilidades de leitura.

Gerson Cabral
CETREMEC
5107

maria disse...

Maria Pereira Filha
GM/ACS/jornalismo
Quincas Borba
8454

Anônimo disse...

Li há muito tempo. Seria bom ler novamente.

João Nelson - SP

Rovênia disse...

Rovênia Amorim
ACS/GM
8455

No centenário da morte do escritor,o sorteio de três obras-primas de Machado é uma homenagem justa. Brasileiro, mulato, texto de estilo único, Assis começou a escrever seus romances em forma de folhetins nos jornais, da mesma forma que outros grandes escritores brasileiros. Fico com Memórias Póstumas de Brás Cubas.

Curinga disse...

Sorteio literário

Thiago da Silva Curinga
DTI / Térreo / Sala 13
Dom Casmurro
Ramal: 5355, 5256 ou 1781

Anônimo disse...

Nara Gonzaga
9861
Memórias Póstumas

Maria disse...

Maria da Paz R de oliveira
SEB
9284
Memórias póstumas de Brás Cubas

Flávia disse...

Flávia Caetano
CGPEPT/SETEC
9452
"Quincas Borba"

Anônimo disse...

Maria de Jesus
ramal: 8046
SAA/GAB

Gláucia disse...

Gláucia Barbosa
CETREMEC
Ramal:5145
Dom Casmurro

Anônimo disse...

Antônio Leonel
CGRL/GAB
ramal: 8178

Maria disse...

Maria da Paz Ribeiro de Oliveira
SEB
Ramal 3807
Quincas Borba

Anônimo disse...

Karina Costa
ACS/Publicidade
9579

Dom Casmurro

Anônimo disse...

Wanderley Barroso
8240
CGRL/GAB

Anônimo disse...

Josias Marques Pereira
SEED - sala 119 - ramal: 8164

Anônimo disse...

Josias Marques Pereira
SEED - ramal: 8164

Anônimo disse...

Josias Marques Pereira
SEED - ramal: 8164

Anônimo disse...

Wanderley Barroso
8240
CGRL/GAB
Dom Casmurro